A LEITURA LITERÁRIA E O SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICO NO PNAIC/SC: APROXIMAÇÕES POSSÍVEIS

Jilvania Lima dos Santos Bazzo, Lilane Maria de Moura Chagas, Lourival José Martins Filho

Resumo


adjust: auto; -webkit-text-stroke-widtA partir de investigações em andamento no campo da alfabetização, da
literatura e da didática, realizadas pelos grupos de pesquisa Prolinguagem/
Udesc, Nepalp/UFSC e NAPE/Udesc, teceremos reflexões sobre a relação
e as ressonâncias entre a literatura e o ensino da leitura e da escrita no
processo inicial da alfabetização. Nosso objetivo é compreender os contextos
de ensino das práticas dos professores alfabetizadores do Pacto Nacional
pela Alfabetização na Idade Certa do Estado de Santa Catarina, buscando
estabelecer algumas aproximações possíveis entre leitura literária e sistema
de escrita alfabético (SEA). Em que medida o uso da literatura para ensinar
o SEA negligencia seu caráter humanizador e evidencia um viés utilitarista?
As situações pedagógicas vivenciadas pelas crianças levam em conta as
funções da literatura, a saber: dimensões da sensibilidade, da fruição,
do encantamento, da imaginação e da liberdade de sentir? Para tanto,
recorremos a alguns procedimentos da pesquisa bibliográfica e tomamos
como campo empírico os relatos de experiência desses docentes, produzidos
em 2013 e 2014. Ainda que parcialmente, os resultados apontam para a
necessidade de dar sequência aos estudos e às ações sobre a relação entre
a literatura e a alfabetização na formação dos profissionais da Pedagogia
que atuam nos anos iniciais do ensino fundamental, o que poderá ampliar
os debates e as pesquisas em âmbito nacional.

Palavras-chave


Pnaic. Alfabetização. Leitura Literária. Didática.

Texto completo:

PDF

Referências


BARTHES, Roland. O prazer do texto. São Paulo: Perspectiva, 1996.

BAZZO, Jilvania Lima dos Santos; CHAGAS, Lilane Maria Moura. Leitura de fruição no

Programa Nacional de Alfabetização na Idade Certa no Estado de Santa Catarina. Revista

Linha Mestra, Campinas, SP, ano 8, n. 24, p. 1640-1658, jan./jul. 2014.

BAZZO, Jilvania Lima dos Santos. A oralidade na formação linguística do professor alfabetizador. Revista Perspectiva, v. 33, n. 1, p. 55-75, 2016.

BAZZO, J. L. S. Literatura e infância: fruição ou pretexto? In: DEBUS, Eliane; JULIANO, Dilma Beatriz; BORTOLOTTO, Nelita (Orgs). Literatura infantil e juvenil: do literário a outras

manifestações estéticas. Tubarão: Copiart; Unisul, 2016(b), p. 109-122. (Coleção linguagens)

BAZZO, Jilvania Lima dos Santos; CHAGAS, Lilane Maria Moura. Formação estética e poética

do professor alfabetizador no Pnaic em SC: alguns apontamentos. In: Silveira, E.; BAZZO, J.

L. S.; CHAGAS, L. M. C. et al. (Orgs). Alfabetização na perspectiva do letramento: letras

e números nas práticas sociais. Florianópolis: UFSC/CED/NUP, 2016, p. 44-66.

BRASIL, Ministério da Educação. Elementos conceituais e metodológicos para definição

dos direitos de aprendizagem e desenvolvimento do ciclo de alfabetização (1º, 2º e 3º

anos) do Ensino Fundamental. Brasília: MEC, 2012.

BRASIL. Secretaria da Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa: grandezas e medidas. Brasília: MEC, SEB, 2014.

BRASIL. Secretaria da Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto

Nacional pela Alfabetização na Idade Certa: planejamento e organização da rotina na

alfabetização: ano 3: unidade 2. Brasília: MEC, SEB, 2012.

CHAGAS, Lilane Maria de Moura; DOMINGUES, Chirley. A literatura infantil na alfabetização:

a formação da criança leitora. Revista Perspectiva, v. 33, n. 1, p. 77-96, 2016.

CHAGAS, Lilane Maria de Moura; BISSOLI, Michelle de Freitas. Infância e leitura: formação

da criança leitora e produtora de texto. Manaus: Editora Valer, 2012.

FOUCAMBERT, Jean. A leitura em questão. Porto Alegre: Artes Médicas, 1994.

GENEROSO, Ariana da Silva Fagundes et al. A LITERATURA INFANTIL NO PROCESSO DE

ALFABETIZAÇÃO: CONSTRUÇÃO DO ESTADO DE CONHECIMENTO. Reflexão e Ação, v.

, n. 2, p. 430-444, 2013.

LAJOLO, Marisa. Literatura: leitores e leitura. São Paulo: Moderna, 2001.

LINS, Heloísa Andreia de Matos; BISPO, Carla Fernanda Brito. Literatura infantil e forma-

ção do leitor: atuação docente e participação dos pequenos na educação básica. Poiésis

– Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação, v. 9, n. 15, p. 171-190, 2015.

MANGUEL, Alberto. Uma história da leitura. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

ORTHOF, Sylvia. Se as coisas fossem mães. Ilustração de Ana Raquel. Rio de Janeiro:

Nova Fronteira, 2012.

POUND, Ezra. A b c da literatura. Trad. Augusto de Campos e José Paulo Paes. São Paulo:

Cultrix, 1990.

SCHWARTZ, Cleonara Maria. Os sentidos da leitura. Disponível em: http://www.anped.

org.br/sites/default/files/gt10-2223-int.pdf. Acesso em: 15 jul. 2016.

SILVA, Ceris Salete Ribas. Ciclo de Alfabetização. In: Glossário Ceale: termos de alfabetização, leitura e escrita para alfabetizadores. Belo Horizonte: UFMG/Ceale, 2016, s/p.

Disponível em: http://ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/glossarioceale/apresentacao. Acesso

em: 15 jul. 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.