A INTERVENÇÃO PSICOPEDAGÓGICA NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO

Julia Timm Rathke Correio

Resumo


Este artigo constitui-se de uma pesquisa bibliográfica que parte da questão “Como a intervenção psicopedagógica pode auxiliar crianças com dificuldades de alfabetização?”. Os objetivos são revisar referenciais sócio-interacionistas sobre alfabetização, relacionando-os a alguns conceitos da psicologia cognitiva, e elaborar alternativas de intervenção psicopedagógica que possam auxiliar crianças com dificuldades de alfabetização. Além do sócio-interacionismo, foram considerados os modos de pensamento narrativo e lógico-cartesiano da psicologia cognitiva. As ideias de intervenção, baseadas nas modalidades propostas por Jorge Visca, partem desta teoria, da psicogênese e da consciência fonológica.

Palavras-chave


Alfabetização. Letramento. Intervenção psicopedagógica. Custo de alfabetização.

Texto completo:

PDF

Referências


FERREIRO, Emília; TEBEROSKY, Ana. Psicogênese da Língua Escrita. Porto Alegre: Artes

Médicas, 1985.

GODOY, Elena; SENNA, Luiz Antônio Gomes. Psicolinguística e Letramento. Curitiba:

InterSaberes, 2012.

MORAIS, Artur Gomes de. Sistema de Escrita Alfabética. São Paulo: Melhoramentos, 2012.

GOLBERT, Clarissa Seligman. A evolução psicolinguística e suas implicações na

alfabetização: teoria – avaliação – reflexões. Porto Alegre: Artes Médicas, 1988.

SOARES, Magda; BATISTA, Antônio Augusto Gomes. Cadernos do Professor: alfabetização

e letramento. Belo Horizonte: Ceale/FaE/UFMG, 2005.

SOARES, Magda. Letramento e alfabetização: as muitas facetas. Revista Brasileira de

Educação. Rio de Janeiro, n. 25, p. 5-17, Apr. 2004. Disponível em< http://www.scielo.

br/pdf/rbedu/n25/n25a01.pdf >. Acesso em: 18 abr. 2015.

VISCA, Jorge. Clínica psicopedagógica: epistemologia convergente. Porto Alegre: Artes

Médicas,1985.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.