CARTILHA CAMINHO SUAVE: ASPECTOS DA CONSTITUIÇÃO, TRAJETÓRIA E PERMANÊNCIA NA ALFABETIZAÇÃO BRASILEIRA

Cancionila Janzkovski Cardoso, Lázara Nanci de Barros Amâncio

Resumo


O objetivo deste texto é refletir sobre aspectos da constituição, trajetória e permanência da cartilha Caminho Suave, de autoria da professora Branca Alves de Lima, publicada pela primeira vez em 1948. A proposta da autora de “Alfabetização pela Imagem” foi analisada comparando-se três impressos do acervo do Grupo ALFALE: Caminho Suave, 69ª ed., 1967; Caminho Suave – Renovada e Ampliada, 1987, 97ª ed.; Manual do Professor, S/D, 7ª ed.. Mediante procedimentos teórico-metodológicos da pesquisa histórica, são apontados aspectos do contexto da produção desse recurso didático, pressupostos e concepções que o embasam, bem como alterações ao longo do tempo. A reflexão e análise permitiram, em parte, a compreensão dos fundamentos da formulação pedagógica de Branca Alves de Lima.

Palavras-chave


História da cartilha. História da alfabetização. Caminho Suave. Cartilha de alfabetização. Método de alfabetização.

Texto completo:

PDF

Referências


AGUAYO, A.M. Didática da Escola Nova. Tradução de J.B. Damasco Penna e Antonio d’Avila. 10ª ed. Atualidades Pedagógicas. V.15, São Paulo: Editora Cia Nacional, 1956.

AGUAYO, A.M. Pedagogia Científica. Psicologia e direção da aprendizagem. Trad. J.B.Damasco. 4ª. Ed. Atualidades Pedagógicas. V.18. São Paulo: Editora Cia Nacional, 1948.

AMÂNCIO, L.N.B. Ensino de Leitura e Grupos Escolares: Mato Grosso (1910-1930). Cuiabá: EdUFMT, 2008.

AMARAL FONTOURA, A. Metodologia do Ensino Primário. Contendo a matéria dos 2º. e 3º. Anos do Curso Normal. Coleção A Escola Viva. V.3 18ª. Edição. Rio de Janeiro: Gráfica Editora Aurora, 1971.

CASSIANO, Célia Cristina de Figueiredo. O mercado do livro didático no Brasil: da criação do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) à entrada do capital internacional espanhol (1985-2007). Tese de doutorado. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 2007.

CHOPPIN, A. História dos livros e das edições didáticas: sobre o estado da arte. Revista Educação e Pesquisa, São Paulo, v.30, n.3, p. 549-566, set./dez. 2004.

DARNTON, R. O Beijo de Lamourette: mídia, cultura e revolução. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.

DUARTE, Marcelo. Cartilha “Caminho Suave” lança novos produtos. Estadão/ Blogs, São Paulo, 03 ago. 2012. Disponível em: http://cultura.estadao.com.br/blogs/curiocidade/cartilha-caminho-suave-continua-viva-e-lanca-novos-produtos/. Acesso em: 10 nov.2017.

ESCOLANO BENITO, A. El manual como texto. Pro-Posições. v. 23, n. 3 (69) p. 33-50, set./dez. 2012.

GALVÃO, A.M. A circulação e uso do livro escolar de leitura em Pernambuco no século XIX. In: BATISTA, A.A.G. e GALVÃO, A.M.O. (orgs). Livros escolares de leitura no Brasil: elementos para uma história. Campinas-SP: Mercado das Letras, 2009.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Recenseamento Geral do Brasil (1940). Censo Demográfico: população e habitação. Rio de Janeiro: Serviço Gráfico do IBGE, 1950.

LOURENÇO FILHO, M.B. Testes ABC. Para verificação da maturidade necessária à aprendizagem da leitura e escrita, 7ª. ed. (aumentada e com material para aplicação). São Paulo. Edições Melhoramentos, 1962.

LOURENÇO FILHO, M.B. Introdução ao estudo da Escola Nova. 7ª ed. refundida. São Paulo. Edições Melhoramentos.196[?]

MACIEL, F. As cartilhas e a história da alfabetização no Brasil: alguns apontamentos. História da Educação, ASPHE/FaE/UFPel, Pelotas (11), p. 147-168. Abr. 2002

MELLO, M.T. Condenado pelas escolas livro didático deve mudar. Folha de São Paulo, 18 de setembro, 3º. Caderno, p.24, 1983. Disponível em: http://acervo.folha.uol.com.br/resultados/?q=caminho+suave&site=&periodo=acervo&x=0&y=0. Acesso em: 17 nov. 2017.

MORTATTI, M.R.L Método Analítico, Cartilhas e Escritores Didáticos: Ensino da leitura em São Paulo (1891-1920). História da Educação. ASPHE/FaE/UFPel. Pelotas (5): 123-140, abr 1999

MORTATTI, M.R.L. Os sentidos da alfabetização (São Paulo/1876-1994). São Paulo: Editora Unesp: Conped, 2000a.

MORTATTI, M.R.L. Cartilha de alfabetização e cultura escolar: um pacto secular. Cadernos CEDES (Impresso), Campinas, v. 20, p. 41-54, 2000b.

PERES, E.; Ramil, C.A. Alfabetização pela imagem: uma análise iconográfica da cartilha Caminho Suave e do material de apoio. Cadernos de Pesquisa, Vitória-ES, v. 19, n.41, p. 53-79, jan./jun. 2015.

ROMANELLI, O. O. História da Educação no Brasil (1930/1973). 18ª. ed. Petrópolis-RJ: Vozes, 1996.

SAVIANI, D. Escola e Democracia. São Paulo: Cortez Editora, Coleção Polêmicas do Nosso Tempo, 6ª ed., 1985.

SILVEIRA, C. Missões de professores paulistas. Revista do Brasil, n.18, p.240-4, jun.1917.

SOARES, M.B. Linguagem e escola: uma perspectiva social. São Paulo: Editora Ática, 7ª ed., 1989.

SOARES, M.B. Alfabetização: a questão dos métodos. São Paulo: Contexto, 2016.

WEREBE, M.J.G. Grandezas e Misérias do ensino no Brasil. São Paulo: Difusão Europeia do Livro, 2ª ed., 1966.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.