CARTILHA CAMINHO SUAVE EM DIFERENTES EDIÇÕES: ANÁLISE DE ASPECTOS GRÁFICOS E EDITORIAIS

Isabel Cristina Alves da Silva Frade, Luiz Augusto do Nascimento

Resumo


O artigo desenvolve  uma  análise comparativa de três edições da Cartilha Caminho Suave, sendo dois exemplares da década de 80 (1981 e 1984)  e um de 2015. O autores  têm como  referência a história do livro, notadamente os trabalhos de Roger Chartier e Robert Darnton, estudos sobre a história da alfabetização, sobre a cultura visual (Armando  Petrucci),  tipografia e legibilidade (François Richaudeau). Serão descritos os  formatos, a  mise en page, elementos paratextuais, supressões e acréscimos entre as edições, buscando-se  algumas articulações entre aspectos gráficos, editoriais e a pedagogia. Ao verificar  permanências e principais mudanças no projeto editorial e outros fatores da edição, o trabalho  também  indica até que ponto  as estratégias editoriais permitiram sua circulação até os dias atuais.

Palavras-chave


Edição. Design. História da alfabetização.

Texto completo:

PDF

Referências


CHARTIER, Anne-Marie. Práticas de leitura e escrita: história e atualidade. Belo

Horizonte: Autêntica. 2007

CHARTIER, Roger.Textos, impressos, leituras. In: A história cultural: entre práticas e

representações.Trad. de M. Galhardo. Lisboa; Rio de Janeiro: Difel; Bertrand Brasil, 1990. p. 121-39.

CHARTIER, R..A ordem dos livros: leitores, autores e bibliotecas na Europa entre os

séculos XIV e XVIII. Brasília: Universidade de Brasília, 1994.

CHARTIER, Roger.Os desafios da escrita. São Paulo. UNESP. 2002.

DARNTON, R.. História da leitura. IN; BURKE, Peter (org.). A escrita da história:

novas perspectivas. São Paulo. UNESP:1992. p. 199 a 236.

DARNTON, Robert.A questão dos livros. Passado, presente e futuro. São Paulo.

Companhia das letras. 2010.

HÉBRARD, Jean. (2002). Os livros escolares da BibliothèqueBleue: arcaísmo ou

modernidade? Revista Brasileira de História da Educação. N. 4, jul/dez.. p.10-

HÉBRARD, Jean. Por uma bibliografia material das escritas ordinárias: o espaço

gráfico do caderno escolar (França – séculos XIX e XX). Revista Brasileira de História

da Educação. Campinas: Autores Associados. 2001.

MCKENZIE, Donald.F. La bibliographie et la sociologie des textes. Paris: Éditions du Cercle de Librarie. 1991.

MORTATTI, Maria do Rosário L. Os sentidos da alfabetização. São Paulo - 1876/1994. São Paulo: Ed. UNESP; Brasília, DF: MEC/INEP/COMPED, 2000.

NASCIMENTO, Luiz. O design dos livros de leitura da editora Francisco Alves (1900-1938): Felisberto de Carvalho e seus contemporâneos. Faculdade de Educação. Universidade Federal de Minas Gerais. 2017 Tese (doutorado).

PERES, Eliane T; VHAL, Mônica Maciel; THIES, Vânia Grim. Aspectos editoriais da cartilha Caminho Suave e a participação da Editora Caminho Suave Limitada em programas federais do livro didático. Revista Revista Brasileira de História da Educação, v. 16, p. 335-372, 2016.

PETRUCCI, Armando. Alfabetismo, escritura, sociedad. Barcelona. Editorial Gedisa,

RAMIL, Chris de Azevedo. A coleção didática Tapete verde: do projeto à sua produção gráfica ( década de 1970 – Rio Grande do Sul. Universidade Federal de Pelotas. 2013. Dissertação (mestrado).

RICHAUDEAU, François. Conception et production des manuels scolaires:guide

practique. Paris. Unesco, 1979.

RICHAUDEAU, François. La lisibilité. Paris. Retz. 1984.

RICHAUDEAU, François. Manuel de typographie et de mise em page: du papier au

l’écran. Paris. Retz. 2005.

Sites consultados

http://www.radiolucweb.com.br/2016/08/caminho-suave-pra-matar-saudade.html. Acesso em 21 09 2017.

http://www.radiolucweb.com.br/2016/08/caminho-suave-pra-matar-saudade.html. Acesso em 21 09 2017.

http://livraria.folha.com.br/livros/livrinhos-infantis/cartilha-caminho-suave-branca-alves-lima-1311174.html. Acesso 21 09 2017.

https://www.estantevirtual.com.br/animalivros/branca-alves-de-lima-caminho-suave-3-serie-1-grau-475854310.

Fontes

Caminho Suave.Alfabetização pela imagem. Branca Alves da Lima. 84ª Ed. São Paulo.

Caminho Suave: Rio de Janeiro: Fundação Nacional de Material Escolar, 1981.

Caminho Suave. Alfabetização pela imagem.(Renovada e ampliada). 94 ed. São

Paulo.Caminho suave. 1984.

Caminho Suave. Alfabetização pela imagem.(Renovada, ampliada e atualizada). 132 ed.

São Paulo. Caminho suave Edições. 2015. Reimpressão 2017.

Testes de Alfabetização pela imagem. Baralhinho didático da cartilha Caminho Suave.

Caminho Suave Edições. S/D.

Eu gosto de aprender, de Maria da Glória Mariano Santos, editora do Brasil S/A. S/D.

Festa das letras, de Dirce Guedes de Azevedo, editora FTD, São Paulo, 1985.

Alegria de Saber- Cartilha, de Lucina Maria Marinho Passos, Editora Scipione. 1987.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.